Coletivo 21

No limite dos sonhos coletivos

O surgimento do Coletivo 21 é a concretização de uma ideia que não surgiu da noite para o dia e nem da vontade de apenas um indivíduo. Vem de anos, desde uma despretensiosa conversa, em 2005, durante o Salão do Livro, em Belo Horizonte, quando comentei com os escritores Alécio Cunha, Luiz Ruffato e Sérgio Fantini a vontade de editar uma revista impressa e eletrônica para ser uma vitrine dos autores de Minas Gerais, e daqueles que viraram mineiros como o escritor português Cunha de Leiradella (para quem também falei do projeto). Estava lá, ainda, o  designer e escritor Alfredo Albuquerque, que assinaria o projeto gráfico. A proposta, no entanto, exigia fôlego financeiro e descansou no limbo.

Com o tempo e a convivência cada vez maior com os escritores (tornando-me “oficialmente” um deles, em 2008, com o lançamento de “O Retrato da Dama”), percebi um movimento de sincronia num mesmo caminho: o desejo de se construir coletivamente um projeto, uma ação, um movimento. Até que, em um novo encontro, também com Sérgio Fantini, e com o jornalista e escritor Jorge Fernando dos Santos, a ideia voltou ao cardápio da conversa, em 2011, numa mesa de café, na Livraria Mineiriana, no bairro Savassi, em Belo Horizonte.  E foi ali que nos reunimos, pela primeira vez, no mês de maio, para começar a desenhar o que se tornou hoje o Coletivo 21.

Na foto aí de cima, tirada pelo fotógrafo Ignácio Costa próximo ao coreto do Parque Municipal, estão apenas 20. Antônio Barreto não conseguiu retornar da sua tradicional viagem anual a Passos (onde reencontra os amigos e oxigena as ideias); Neusa Sorrenti vivenciava um rito de passagem e não teve condições de compartilhar aquele instante. E Jaime Prado Gouvêa perdeu a condução. Todos, porém, continuam presentes neste Coletivo, que começou uma história e, aos poucos, vai construindo sua trajetória, sem mapa, roteiro ou GPS (a bússola do homem de hoje), mas com combustível suficiente para viajar até o limite dos sonhos coletivos.

Adriano Macedo, jornalista e escritor, coordenador do Coletivo 21.